TTF Brasil - Notícias

Notícias de parceiros

  • Instituto Justiça Fiscal

    A Injustiça Fiscal da Política de Austeridade

    Austeridade é política de corte para satisfazer o mercado financeiro. Entrevista com economista Marcelo Milan. [Leia Mais]

  • Outras Palavras

    Dowbor: como as corporações cercam a democracia

    Como os chacais desafiam o funcionamento das instituições políticas e jurídica em busca de ganhos fartos. [Leia Mais]

  • Instituto Justiça Fiscal

    Despesas da Copa do Mundo

    Ministério Público do Rio Grande do Sul requer que Fifa e Internacional devolvam dinheiro gasto com estruturas temporárias da Cop [Leia Mais]

  • Outras Palavras

    Democracia e Capitalismo, divórcio definitivo

    Num livro que diz muito ao Brasil, Wolfgang Streeck expõe mecanismos que permitiram à aristocracia financeira controlar Estado e m&iacut [Leia Mais]

Arquivos de Notícia

Últimas notícias

  • 19.08.2016 - Gestos promove tuitaço por democracia econômica e em defesa do SUS [Leia Mais]

  • 04.08.2016 - Devo não nego, pago quando puder [Leia Mais]

  • 15.07.2016 - Gestos encaminha pedido de audiência pública para debater TTF no Congresso Nacional [Leia Mais]

  • 05.07.2016 - Projeto Robin Hood quer reduzir desigualdades [Leia Mais]

  • 04.07.2016 - A crise do capitalismo financeiro vai ao cinema [Leia Mais]

  • 22.06.2016 - Mastigando o Economês: Meta Fiscal e Dívida Pública [Leia Mais]

  • 06.06.2016 - Educação Política e Econômica, eis a nossa proposta! [Leia Mais]

  • 16.05.2016 - A Consistência dos Inconsistentes [Leia Mais]

  • 13.05.2016 - Os Panama Papers e a necessidade de monitorar o fluxo de capitais [Leia Mais]

  • 11.05.2016 - Os efeitos positivos dos tributos sobre transações financeiras (TTF) no Brasil [Leia Mais]

  • 03.05.2016 - IOF para compra de moeda estrangeira sobe de 0,38% para 1,10% [Leia Mais]

  • 02.05.2016 - Novo Marco Regulatório das ONGs assinado pela Presidenta Dilma é debatido no Recife [Leia Mais]

  • 20.04.2016 - TIRADENTES, PIONEIRO NA LUTA CONTRA OS IMPOSTOS [Leia Mais]

  • 14.04.2016 - Artigo - IOF: o que é e o que pode ser? [Leia Mais]

  • 29.03.2016 - Combater a sonegação também é fazer justiça fiscal [Leia Mais]

  • 28.03.2016 - Democracia e Direitos para uma Política Madura [Leia Mais]

  • 11.03.2016 - JUSTIÇA FISCAL E O LUCRO DOS BANCOS [Leia Mais]

  • 01.03.2016 - Com animação fica mais fácil de entender [Leia Mais]

  • 24.07.2015 - Terceira Conferência do Financiamento para o Desenvolvimento Desaponta e perde Ambição [Leia Mais]

Alta de alimentos está ligada à especulação financeira

Escalada no preço dos alimentos engorda o mercado financeiro e os intermediários, deixando cada vez mais vazia a mesa das pessoas

O título desconvida à leitura. O estudo “Quantificação do Alto Nível de Endogeneidade e Mudanças do Regime Estrutural em Mercados de Commodities” soa como grego a ouvidos leigos. Realizado pelo Swiss Federal Institute of Technology de Zurique, na Alemanha, e pela UNCTAD (Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento), sua principal descoberta pode, assim, passar desapercebida – mas é da maior relevância para todos nós, que a cada ida à feira ou supermercado vemos aumentar o valor gasto e diminuir o volume comprado.

“Pelo menos 60 a 70% das mudanças no preço das commodities são decorrentes de atividades autogeradas nos mercados financeiros”, afirma o estudo. Com 'atividades autogeradas' os autores querem dizer: baseadas no comportamento dos preços nas telas de computador, e não em informações reais, tais como “rumores sobre uma seca no Casaquistão” etc. Em português claro: Os preços das commodities são pelo menos 60 a 70% determinados pelo “cassino” nos mercados de commodities. E isso não é uma afirmação vaga, mas baseada em sólida análise científica. O estudo trata especificamente do milho, óleo, soja, açúcar e trigo, assim como dos contratos futuros mais negociados.

O paper é tão técnico porque não é fácil determinar, cientificamente, se um comerciante tomou sua decisão por causa da mudança de preço que viu na tela do computador, por ter lido o último release da Reuters ou ainda porque recebeu um telefonema. Essa é também a razão porque são físicos e matemáticos que estão fazendo esse tipo de pesquisa. Politicamente, o estudo da universidade de Zurique e das Nações Unidas é tão importante porque prova que o processo de formação de preço nos mercados de commodities está quebrado e o sistema tornou-se disfuncional.

Intermediários

Tão disfuncional que cada quilo de milho é negociado globalmente 24 vezes, antes de chegar ao consumidor final. Para o trigo, a proporção sobe para 46. Os dados são de um relatório recente da ONG inglesa Oxfam. A especulação contribui para o aumento da volatilidade e tendência de alta nos preços das commodities, com consequências dramáticas para as populações mais vulneráveis. Durante a crise alimentar de 2010, os preços subiram 30%, mergulhando pelo menos mais 40 milhões de pessoas na pobreza absoluta.

É óbvio que a especulação não é a única responsável pela fome no mundo: a grilagem de terras e a desapropriação de agricultores, a produção de biocombustíveis em detrimento da produção de alimentos, a dívida externa e as políticas de austeridade são parte do mesmo sistema que beneficia setores financeiros e multinacionais. Tudo isso reforça a demanda pela taxação das transações financeiras – de modo a colocar limites em um sistema predatório e a colaborar na redução da extrema desigualdade existente no planeta.



Comentar notícia Desigualdade  Alimentos  Ministro  Economia  Sistema Financeiro  Robin Hood  TTFs  

A campanha pelas TTF demanda uma taxa sobre as transações financeiras internacionais – mercados de câmbio, ações e derivativos. Com alíquotas menores que 1%, elas incidirão sobre um volume astronômico de recursos pois esses mercados giram trilhões de dólares por dia.

http://www.outraspalavras.net