TTF Brasil - Pesquisa

Notícias de parceiros

  • Instituto Justiça Fiscal

    A Injustiça Fiscal da Política de Austeridade

    Austeridade é política de corte para satisfazer o mercado financeiro. Entrevista com economista Marcelo Milan. [Leia Mais]

  • Outras Palavras

    Dowbor: como as corporações cercam a democracia

    Como os chacais desafiam o funcionamento das instituições políticas e jurídica em busca de ganhos fartos. [Leia Mais]

  • Instituto Justiça Fiscal

    Despesas da Copa do Mundo

    Ministério Público do Rio Grande do Sul requer que Fifa e Internacional devolvam dinheiro gasto com estruturas temporárias da Cop [Leia Mais]

  • Outras Palavras

    Democracia e Capitalismo, divórcio definitivo

    Num livro que diz muito ao Brasil, Wolfgang Streeck expõe mecanismos que permitiram à aristocracia financeira controlar Estado e m&iacut [Leia Mais]

Notícia

Alta de alimentos está ligada à especulação financeira

O título desconvida à leitura. O estudo “Quantificação do Alto Nível de Endogeneidade e Mudanças do Regime Estrutural em Mercados de Commodities” soa como grego a ouvidos leigos. Realizado pelo Swiss Federal Institute of Technology de Zurique, na Alemanha, e pela UNCTAD (Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento), sua principal descoberta pode, assim, passar desapercebida – mas é da maior re...

Robin Hood quer TTF para mudanças climáticas

O movimento Robin Hood pela taxação de transações financeiras (TTF) conseguiu uma vitória, semana passada, ao manifestar-se durante a reunião ministerial sobre financiamento do clima em Washington, nos EUA. O grupo introduziu o financiamento público em um debate que os Departamentos de Estado e do Tesouro dos EUA pretendiam manter focado exclusivamente no setor privado. E, principalmente, injetou ...

Justiça fiscal para alcançar justiça social

Mais de duas dezenas de grupos formaram a Global Alliance for Tax Justice (Aliança global por justiça fiscal) e firmaram, juntos, um manifesto pela justiça fiscal internacional, no FSM da Tunísia. No documento, mencionam a sonegação de impostos das multinacionais e dos ultrarricos, por meio dos paraísos fiscais, e propõem medidas para acabar com a completa falta de limites ao capital financeiro. S...

Banco dos BRICS: em direção a um mundo multipolar

Os BRICS uniram-se para criar alternativas ao Banco Mundial e ao FMI. No quinto encontro de cúpula do grupo, realizado no fim de março em Durban (África do Sul), Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul anunciaram um acordo preliminar para a criação de instituições multilaterais com o objetivo de financiar o desenvolvimento e dar suporte financeiro emergencial. O progresso foi mais rápido ...

Marcha à Casa Branca para taxar Wall Street é neste sábado

“Bancos e corporações de Wall Street arrecadam lucros recordes, enquanto nossas comunidades sofrem perda de emprego e corte nos programas públicos. Em vez de engordar os bolsos corporativos, esse dinheiro devia ir para programas de nossas crianças pequenas, aposentadoria da avó, nosso combalido sistema de saúde. É hora de o governo levantar-se com o povo para TAXAR WALL STREET.” A crescente d...

Milhares exigem que presidente Obama adote TTF

Cerca de duas mil pessoas, usando chapéus de Robin Hood e com bonecos gigantes de banqueiros de Wall Street, marcharam sábado (20 abr) em Washington, capital dos Estados Unidos, para exigir que o presidente Obama e o secretário do Tesouro Jack Lew parem de perseguir a “austeridade” e apoiem um imposto sobre transações financeiras (TTF) em Wall Street, conhecido como “Taxa Robin Hood”. A manifestaç...

"O Brasil é um crime contra o mercado" afirma mídia neoliberal

O jornal ‘Financial Times’ acumula 125 anos de inoxidável convicção nas virtudes dos livres mercados. Foi uma das trincheiras ideológicas na construção da hegemonia neoliberal que condicionou a sorte da economia e os destinos da humanidade nas últimas décadas, com os resultados conhecidos que dispensam reiterações. Ao lado de outra referência no gênero, a também britânica revista ‘The Econom...

Campanha TTF Brasil Mobiliza Brasília

Após lançar em março o site www.ttfbrasil.org, a Campanha pela Taxação das Transações Financeiras (TTF Brasil), que funciona como rede aberta e horizontal de organizações da sociedade civil e economistas, realizou em Brasília, entre os dias 20 e 21 de maio, sua II Roda de Diálogo Estratégico. A reunião reuniu parceiros de todo o país – Abong, Inesc, PSI, Outras Palavras, Gestos, que atua como p...

BRICS: ainda uma grande incógnita

A ideia dos BRICS nasceu no começo da década de 2000, mas foi materializada somente em 2009 com a primeira cúpula de chefes de Estado, realizada em Ecaterimburgo, na Rússia. Há poucos dias, em finais de março, ocorreu a V Cúpula, em Durban, na África do Sul.   O bloco, integrado por cinco países – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul – representa potência econômica e politica que não pod...

Quem tem medo da reforma tributária

Professor do Núcleo de Estudos do Futuro da PUC-SP, o economista Ladislau Dowbor nasceu em Banyuls, na França, em 1941, durante a Segunda Guerra. Os pais, de origem polonesa, estavam a caminho da América, fugindo da guerra. Depois de formar-se em Economia Política na Universidade de Lausanne, na Suíça, fez mestrado e doutorado em Ciências Econômicas na Escola Central de Planejamento e Estatística ...

G8: hora de agir contra lavagem de dinheiro

Juízes, fiscais e especialistas anticorrupção de 15 países enviaram carta aos líderes do G8 (Estados Unidos, Alemanha, Canadá, França, Itália, Japão, Reino Unido e Rússia) em que urgem os governantes das oito potências globais que se reunirão semana que vem (17 e 18.06) na Irlanda do Norte a tomar medidas contra a corrupção, a evasão fiscal e o branqueamento de capitais. Para eles, o G8 não só...

O estado do mundo durante cúpula do G8

Muito tempo parece ter passado desde o encontro de 2005 dos líderes do G8, no Reino Unido. Vivíamos o pico de um boom global e se acreditou que aquela seria, realmente, a cúpula que daria um fim à pobreza. Os líderes dos sete países mais ricos do mundo mais Rússia anunciaram que dobrariam, até 2010, a ajuda aos países em desenvolvimento, em especial à África. Aumentariam as doações anuais em 25 b...

Transação em Alta Frequência prejudica mais do que contribui com economia

Operações financeiras computadorizadas que se aproveitam de microsegundos de variações no mercado para atingir lucros especulativos, através de algoritmos pré-definidos, não é bom para os mercados como tem sido defendido por proponentes de transação em alta frequência (TAF), de acordo com um novo trabalho de economistas da Universidade do Michigan. Pelo contrário, várias TAF prejudicam a maioria ...

Em 2012, os ricos ficaram mais ricos

Os bens dos indivíduos com patrimônio pessoal elevado disponíveis para investimento retomaram a trajetória ascendente em 2012. O efeito ocorreu devido à recuperação global dos mercados acionários e imobiliários. O crescimento médio foi de 10%, alcançando o volume recorde de 46,2 trilhões de dólares, após o recuo de 1,7% registrado em 2011. É o que mostra o relatório sobre a Riqueza Mundial 2013, d...

Perdão da dívida africana: é para valer?

O Brasil cancelou ou reestruturou cerca de 900 milhões de dólares da dívida de 12 países africanos. O anúncio foi feito pela presidente Dilma Rousseff em 25 de maio, por ocasião das comemorações de meio século da União Africana (UA), na Etiópia, e reflete a relevância cada vez maior das relações com países africanos. O Brasil abriu 19 novas embaixadas na África na última década, e nesse período o ...

Sonegação de impostos mina democracia

As contas, alíquotas e percentagens podem ser complicadas. Mas o raciocínio é muito simples. O rio vem correndo seu curso. Chega a uma bifurcação. Se uma bomba puxa água para a vertente da direita, o lado esquerdo vai secando… Por isso a organização Tax Justice Network (TJN, Rede de Justiça nos Impostos), um coletivo de economistas, advogados, contadores, escritores e outros tantos, briga por u...

Lá como cá, sonegação e injustiça fiscal

Empresas e muito ricos brasileiros mantêm em paraísos fiscais, livres de impostos, a quarta maior quantia do mundo depositada nesse tipo de conta bancária. Era de 520 bilhões de dólares, mais de um trilhão de reais, em 2010, a "riqueza offshore não registrada" para fins de tributação – como demonstrou o estudo The Price of Offshore Revisited, encomendado pela Tax Justice Network a James Henry, ex-...

Objetivos do Milênio avançam na América Latina e no Caribe

A América Latina e o Caribe atingiram uma série de metas para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), incluindo a redução – pela metade – da taxa de pobreza extrema, afirma um relatório das Nações Unidas lançado dia 01 de julho. A proporção de pessoas na região que vive com menos de 1,25 dólar por dia caiu de 12% em 1990 para 6% em 2010. O Relatório dos Objetivos de Desenvolv...

Sonegômetro: a informação que faltava

Mais de 222 bilhões de reais foram sonegados em impostos devidos no Brasil, apenas entre primeiro de janeiro e 15 de julho de 2013. O número é estampado pelo Sonegômetro (www.sonegometro.com), placar online que aponta, em tempo real, o quanto o país deixa de arrecadar todos os dias. Lançado pelo Sinprofaz (Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional) semana passada, em Brasília, o Son...

Fortunas são grandes, mas protelação é maior

O Imposto sobre Grandes Fortunas (IGF) é o único dos tributos federais estabelecidos pela Constituição de 1988 que ainda não foi instituído, por falta de regulamentação. Previsto no artigo 153, teve várias propostas nos últimos vinte anos, mas senadores e deputados nunca o levaram adiante. Em momentos diferentes, os próprios ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva defe...

Impostos: carga recai sobre quem pode menos

Recursos públicos são arrecadados por intermédio do funcionamento de um sistema tributário que cobra impostos, taxas e contribuições. Um sistema tributário socialmente justo deve ter caráter distributivo, portanto, deve impor maior sacrifício àqueles que têm mais condições de suportá-lo e, ao mesmo tempo, estabelecer menores alíquotas, taxas e contribuições para aqueles que auferem rendas mais bai...

A pirâmide global da riqueza

O economista e consultor da ONU Ladislau Dowbor faz uma distinção bem oportuna sobre duas formas de medir a desigualdade: uma se refere à renda - dinheiro que entra em forma de salário, aluguel, lucros etc, e que permite comprar bens como casa, carro, ações, e aumentar a conta bancária; e outra que constitui a chamada riqueza, ou patrimônio familiar. Dowbor faz essa distinção ao introduzir, em...

Os muito ricos evitam também o IPVA

Assim como outros mortais, os proprietários de helicópteros, jatos, turboélices, lanchas e iates podem passar a pagar IPVA (Imposto de Propriedade de Veículo Automotor). A “PEC do Jatinho” foi apresentada semana passada (03.07) à Câmara dos Deputados pelo Sindifisco (Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal), por meio de um parlamentar do PT. A arrecadação pode alcançar R$ 2,7 b...

Ladislau Dowbor: “Economist sempre defendeu especuladores”

O economista, professor da pós-graduação em Economia e Administração da PUC-SP, consultor da ONU e escritor Ladislau Dowbor é, além de pensador e ativista, um gozador. Com seu bom humor característico, fala em entrevista ao Portal Panorama Mercantil exatamente o que pensa da mídia corporativa - a britânica e a tupiniquim - e desmistifica o mantra, que ela repete incansavelmente, de que a economia ...

Falsa “austeridade” europeia contamina o mundo

Três dados muito eloquentes sobre o fracasso das políticas de ”austeridade fiscal” estão sendo divulgados no início desta semana. Em Portugal, tornaram-se públicos os planos do governo para reduzir em 10% o valor das aposentadorias. Na Espanha, missão do FMI, em visita ao país sugeriu o que chamou de “ambicioso pacto social”: os trabalhadores na ativa aceitariam cortar seus salários, também em 10%...

Países ricos tiram mais dos pobres do que dão

A crise do capitalismo e as revoltas populares que varrem o mundo vêm trazendo à consciência coletiva a desigualdade entre países e seres humanos. Há 200 anos, os países ricos eram apenas três vezes mais ricos que os países pobres. Já no fim do colonialismo, nos anos 1960, essa diferença havia se ampliado para 35 – e hoje é de 80 vezes. Tal concentração de riqueza só faz aumentar, já que as regras...

Dieese e Sindifisco propõem reforma tributária

A cartilha “10 Ideias para uma Tributação mais Justa”, lançada pelo Dieese (Departamento de Estudos e Estatísticas Sociais e Econômicas), pede uma revisão do sistema fiscal brasileiro e propõe que os mais ricos paguem mais impostos para que, em um sistema de equivalência, seja possível desonerar os mais pobres. “As pessoas se mostram pouco interessadas em compreender como se dá a tributação e ...

Democracia Econômica: se não agora, quando?

A semana da 68ª Assembleia da ONU reúne as maiores autoridades mundiais em Nova York. Todos com agendas próprias, mas também com a responsabilidade coletiva de rever os oito Objetivos do Milênio, definidos em 2000, e pavimentar o caminho para novos objetivos estratégicos de desenvolvimento sustentável, compromisso que assumiram na Rio+20. O Brasil se destaca entre as economias emergentes, por t...

O que está em jogo depois da cúpula do G20

Em 1712, Pedro, o Grande, o primeiro dos Romanov, estabeleceu sua capital em São Petersburgo. Queria abrir uma porta à Europa. Em 1917, caiu o último dos czares, Nicolás II Romanov e, em 1918, a capital passou a ser Moscou. Vladimir Putin, que governa em terra moscovita, acaba de ser o anfitrião do Grupo dos 20 em São Petersburgo. Desta vez a cidade foi uma porta por onde entraram os problemas irr...

“Sonegômetro” mostra hipocrisia da grita contra impostos

Os pedestres que costumam caminhar pela região central da capital paulista já se habituaram à cena. No início do Viaduto do Chá, no Vale do Anhangabaú, foi instalado um grande painel, que pretende exibir a atualização instantânea dos valores relativos ao pagamento de impostos em nosso País. Passou a ser conhecido como o Impostômetro. Foi uma bela jogada de marketing político, na tentativa de se ap...

Um novo retrato da desigualdade global

Sabe-se perfeitamente hoje que as desigualdades de renda e riqueza na maior parte dos países ricos, e especialmente nos Estados Unidos, dispararam, nas últimas décadas e, de modo trágico, agravaram-se ainda mais desde a Grande Recessão. Mas e no resto do mundo? A distância entre os países está se reduzindo, à medida que potências econômicas como a China e Índia resgatam centenas de milhões de pess...

Brasil rumo a metas sociais da ONU

Avaliação apresentada hoje (15/10) sobre o Bolsa Família mostrou, em números reais, que a aplicação do programa entre famílias em condições extremas de pobreza levou o Brasil a conseguir, em pouco mais de uma década, superar as metas que tinham sido estabelecidas pela Organização das Nações Unidas (ONU) para o país – que previam a redução de desigualdades em 50% de 2000 até 2025.  A principal c...

Cooperação e direitos humanos na agenda pós-2015

Cooperação e solidariedade para o desenvolvimento internacional é dever dos Estados, e não questão de boa vontade. O papel que esses valores desempenham no financiamento aos avanços em direção ao desenvolvimento sustentável e à concretização dos direitos humanos para todos deveria receber maior reconhecimento em qualquer perspectiva pós-2015. A Agenda de Desenvolvimento pós-2015 da ONU não dev...

Para reduzir as iniquidades

Dilma e Marina, os dois principais nomes para 2014, estão falando da questão da desigualdade social – o maior desafio do país e do mundo — sem tocar no ponto central dela. O ponto: você não faz nada de realmente expressivo contra a iniquidade se não cobrar mais impostos dos mais ricos. Poucas semanas atrás, o Nobel da Economia Robert Schiller disse exatamente isso. Schiller disse temer que o...

Assim os ricos evitam impostos

A demanda por recursos públicos é cada vez maior. A briga pela apropriação do “bolo” é quase uma guerra. Nas recentes manifestações públicas brasileiras, surgiram novas e diversas demandas, desde o “passe livre”, saúde, educação, até melhorias do serviço público em geral. A resposta dos governantes é sempre a mesma: “Não há recurso público”. Mas será que realmente não existem recursos suficientes ...

Seminário discute impactos ambientais da política tributária

O Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia – IPAM e o Instituto Ethos, com apoio da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado realizam em Brasília no dia 29 de outubro, no Senado, o seminário: Política Tributária e Sustentabilidade – Uma plataforma para a nova economia. A intenção é discutir novos rumos para a Política Fiscal e Tributária Brasileira. De acordo André Lima, advogado especialis...

PL alivia taxação da medicina privada

Logo depois do perdão da dívida às multinacionais, criticado por amplos setores da sociedade, o governo Dilma Roussef recebeu pedido das organizações Idec (Instituto de Defesa do Consumidor), Abrasco (Associação Brasileira de Saúde Coletiva) e Cebes (Centro Brasileiro de Estudos da Saúde), para que vete o PL 25/2013, que alivia a tributação do setor de medicina privada. O PL foi aprovado dia 1 de...

Principal arma do novo prefeito de Nova York: combater a desigualdade

Diz o NY Times: “Ele deu voz aos nova-iorquinos esquecidos – os 46% que vivem na pobreza ou perto dela, os 50 000 sem teto, os milhões que estão for das áreas de segurança econômica e afluência aristocrática.” O Times estava se referindo a Bill de Blasio, 52 anos, democrata que se elegeu espetacularmente prefeito de Nova York. Surgido do nada dentro do mundo político americano, Blasio venceu a...

Sistema tributário é regressivo e recessivo

O que marca a política tributária no Brasil é a concentração de tributos (impostos, contribuições e taxas) fundamentalmente sobre o consumo, através de altas alíquotas que incidem sobre o preço de venda de bens e serviços, elevando-os. O ICMS, de competência estadual, é o principal causador dos preços elevados na economia, pois incide sobre a circulação de mercadorias e prestação de serviços. A...

Desigualdade é uma escolha

É bem conhecido até agora que a desigualdade de renda e riqueza na maioria dos países ricos, especialmente os Estados Unidos, cresceram nas últimas décadas e, tragicamente, piorou ainda mais desde a Grande Recessão. Mas o que acontece com o resto do mundo? O fosso entre os países está diminuindo, como indicariam o aumento dos poderios econômicos da China e Índia, que têm resgatado centenas de milh...

Brasileiros sonegaram R$ 300 bilhões neste ano

Os brasileiros sonegaram R$ 300 bilhões em tributos até agora [setembro] em 2013. A quantia supera a riqueza produzida pela maioria dos estados. Até o fim do ano, o valor que deixa de chegar aos cofres públicos deverá atingir R$ 415 bilhões, o equivalente a 10% do Produto Interno Bruto (PIB), soma dos bens e serviços produzidos no país, estima o Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacio...

Educação fiscal e cidadania

Um olhar atento sobre a realidade das finanças públicas no país demonstra como ainda estamos distantes da efetivarmos o ideário Republicano de igualdade e justiça, visto que tanto sob a ótica da arrecadação tributária, tanto sob o ponto de vista das prioridades na alocação dos recursos públicos, a população de menor poder aquisitivo é penalizada, especialmente em decorrência de sua baixa capacidad...

ActionAid revela: Delloitte e Barclays promovem evasão de impostos na África

A empresa de consultoria tributária Deloitte e o banco Barclays, ambos de origem britânica, estão promovendo o uso de paraísos fiscais para corporações que operam na África praticarem evasão de impostos devidos. A informação foi revelada por investigações da ActionAid, movimento global que atua para promover os direitos humanos e acabar com a pobreza. Um documento da Deloitte de 2013, denomina...

Papa Francisco contra o capitalismo

Não sei se vocês sabem, mas muito antes da Revolução Russa já existia, no século 19, um socialismo cristão, inclusive nos Estados Unidos, embora rejeitado pela igreja católica – em 1931, o papa Pio XI chegou a publicar que “ninguém pode ao mesmo tempo ser bom católico e um socialista verdadeiro”. A admoestação papal não foi suficiente, no entanto, para impedir o surgimento da Teologia da Libertaçã...

Os 10% mais ricos concentram 42% da renda do país, aponta IBGE

Apesar da melhora no índice de Gini, que mede a desigualdade na distribuição de renda dentro do país, os 40% mais pobres da população brasileira eram responsáveis por 13,3% da renda total do país, enquanto os 10% mais ricos tinham 41,9% em 2012. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira 29 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na pesquisa Síntese de Indicadores Sociais ...

Renda do trabalhador cresce e desigualdade cai

Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios 2011 (Pnad), recém-divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram que a renda mensal média do trabalhador brasileiro cresceu 8,3% de 2009 a 2011, chegando a 1.345 por mês. O aumento mais significativo se deu entre os 10% mais pobres, com 29,2%. Já o 1% mais rico registrou crescimento de 4,3%. Ainda que contin...

Diferença salarial entre homem e mulher aumenta com escolaridade

Embora a diferença tenha diminuído entre 2009 e 2011, as mulheres brasileiras continuam recebendo menos que seus companheiros. Segundo o IBGE, em 2011 a renda média das mulheres, de 997 reais, era 70,4% da média do rendimento dos homens, de 1.417 reais. Em 2009, o valor recebido pelas mulheres representava ainda menos que isso: 67,1% do salário médio masculino. Mas, ao contrário do que se poder...

TTF Brasil: III Roda de Diálogo amplia alianças

“Dados do Banco de Compensações Internacionais revelam que o sistema financeiro global movimentava, em 2010, valor 70 vezes superior ao do PIB global, de 62 trilhões de dólares. Contraditoriamente, porém, este é o segmento da economia global menos tributado. Enquanto isso, cerca de 1,4 bilhão de pessoas passam fome e não têm acesso a saúde e educação.” As informações são parte da apresentação do e...

Políticas tributárias alinhadas com Direitos Humanos

Ao completar 65 anos, a Declaração de Direitos Humanos continua viva. A relatora especial das Nações Unidas sobre extrema pobreza e direitos humanos, Magdalena Sepúlveda Carmona, prepara um relatório sobre o impacto da política fiscal e tributária nos direitos humanos das pessoas que vivem em situação de pobreza, a ser apresentado na 26 ª sessão do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, e...

O mundo que queremos pós-2015

O período entre 2013 e 2015 tem importância central para o futuro das Nações Unidas, de outras organizações multilaterais, de governos e de entidades da sociedade civil que trabalham com a agenda de desenvolvimento humano sustentável, nos três pilares centrais tratados pela ONU: econômico, social e ambiental. Sua 68a Assembleia, realizada em Nova York, em setembro, definiu os processos dessa chama...

Impostos sonegados no Brasil representam um quarto da arrecadação

A sonegação no Brasil é 20 vezes maior do que o valor gasto com o Programa Bolsa Família. O cálculo é do Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz), que voltou a exibir em Brasília, em dezembro, o Sonegômetro, para mostrar os prejuízos que o país tem com a sonegação. O placar, online, indicava sonegação fiscal prestes a ultrapassar a casa dos R$ 400 bilhões. Desenvolvid...

Riscos ambientais exigem financiamento inovador

Aumento da desigualdade, desemprego, escassez de água e mudanças climáticas estão entre as ameaças globais que mais preocupam para a próxima década, segundo o relatório Riscos Globais 2014, do Fórum Econômico de Davos, na Suíça, que acontece de 22 a 25 de janeiro. A partir de uma lista de 31 ameaças globais, especialistas de empresas, governos, academias e organizações não governamentais internac...

Elite política e econômica se encontra em Davos

O Papa Francisco desafiou políticos, empresários e banqueiros reunidos em Davos, na Suíça, a colocar sua riqueza a serviço da humanidade, ao invés de abandonar na pobreza e na incerteza a maioria da população mundial. Em mensagem a mais de 2.500 participantes do Fórum Econômico Mundial de 2014, o pontífice ressaltou a urgência de promover uma prosperidade inclusiva. "Peço que vocês assegurem q...

Oxfam pede a Davos metas contra desigualdade extrema

O relatório “Governar para as Elites – Sequestro Político e Desigualdade Econômica”, realizado pela Oxfam, é um alerta aos ultra ricos e poderosos do mundo. O poder econômico e político está “separando cada vez mais as pessoas”, o que torna inevitáveis “as tensões sociais e o aumento do risco de ruptura social”, sublinha a ONG britânica. O relatório, publicado dias antes do Fórum Econômico Mun...

Imposto sobre Grandes Fortunas com força das ruas

As jornadas de junho, movimento que inflamou a cidadania em 2013, nos permitiram sonhar com o desengavetamento de questões pontuais esquecidas no Congresso Nacional há anos. É o caso da Reforma Política, que se transformou numa piada com a aprovação de um projeto que não melhora em nada o atual sistema eleitoral. Outro ponto importante das manifestações diz respeito à implementação do chamado I...

Fosso social separa pobres dos ricos no Brasil

A revista americana de negócios e economia, Forbes, publicou semana passada na quarta-feira, 22 de janeiro, a lista dos 100 grupos e pessoas mais ricas do mundo, de acordo com levantamento que faz anualmente, cujas fortunas alcançam cifras na casa de bilhões de dólares. De propriedade da companhia de mesmo nome, é uma publicação com artigos e reportagens sobre finanças, investimento, indústria e m...

A necessária Taxa sobre Transações Financeiras

Um tema recorrente no debate sobre mudanças estratégicas em nosso País refere-se à necessidade de uma reforma tributária. Assim como a reforma política ou a reforma previdenciária, trata-se apenas de um mote para promoção de alterações em algum sistema jurídico-institucional existente. Podem ser encontradas diferentes alternativas e modelos para atender a todos os gostos. O “xis” da questão reside...

Europa: o escandaloso apoio aos bancos

Um relatório do eurodeputado belga Philippe Lamberts, dos Verdes, antecipado pela revista Visãoonline, chegou à conclusão de que a política da União Europeia de conceder aos bancos auxílios para impedir a sua falência foi acompanhada de “ajudas implícitas” no valor de 1,3 trilhão de euros, em quatro anos. Este valor representa nada menos do que 10% de toda a riqueza produzida na Europa, ou quase 2...

Valorizar o trabalhador, base do desenvolvimento

O estudo do Dieese “Para dobrar é preciso distribuir”, de Clemente Ganz Lúcio, Paulo Jager e Frederico Melo, propõe um projeto de desenvolvimento para crescer reduzindo as desigualdades no Brasil. É hora de enfrentar o desafio de construir a visão do futuro e a herança que se pretende deixar às futuras gerações, afirmam os autores. Um desafio e tanto, visto que esse projeto exige “democratizar a d...

Encontro traça nova agenda global de desenvolvimento

Presente à II Reunião da Comissão UNAIDS / Lancet sobre HIV e Saúde, nos dias 13 e 14 de fevereiro em Londres, Grã Bretanha, a jornalista Alessandra Nilo, uma das fundadoras da Campanha TTF Brasil e da Gestos, falou sobre a necessidade de taxar as transações financeiras internacionais para “manter fluxos de recursos sustentáveis dirigidos aos direitos humanos, à igualdade de gênero, saúde e outras...

As limitações dos programas antipobreza

É enorme a evidência de que a aplicação das políticas neoliberais conduz a um crescimento das desigualdades e da pobreza, bem como a um aumento do endividamento da população e o conseguinte aumento do setor bancário. As experiências na América Latina (onde essas políticas foram implementadas com toda intensidade no final do século XX) e na União Europeia (onde estão sendo aplicadas durante as duas...

O faroeste das finanças

Indicado em fevereiro de 2007 para representar o Brasil e mais dez países no cargo de diretor-executivo do Fundo Monetário Internacional, o economista Paulo Nogueira Batista Jr., antes de começar a entrevista, avisa que falará em “caráter pessoal”, não em nome do FMI ou dos países por ele representados. A observação lhe dá liberdade para tecer comentários ácidos sobre a onda de turbulência que ...

“É hora de repartir a riqueza”

O Brasil diminuiu a desigualdade nos últimos anos e milhões de pessoas deixaram a pobreza. Porém, o país ainda está entre os vinte mais desiguais do mundo. Para avançar, uma das mudanças urgentes é a reforma tributária. É o que diz Márcio Pochmann, um dos principais economistas do país. “Aqui, são os ricos que reclamam dos impostos, mas quem paga mais são os pobres”, afirmou em entrevista ao Bras...

Agenda Pós-2015: construir a perspectiva do Brasil

Acelera-se a construção, no Brasil e no mundo, da Agenda que irá substituir, a partir de 2015, os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) pelos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). A Assessoria para Assuntos Internacionais da Secretaria Geral da Presidência da República, apoiada pelo PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, ouviu movimentos sociais em reunião no d...

O declínio da classe média

Atualmente se reconhece amplamente que a divisão entre Norte e Sul do mundo, que se formou após a era colonial junto com a coalizão dos “novos países” contra as potências do Norte, acabou com a chegada da globalização. Hoje há partes do “Terceiro Mundo” no Norte e partes do “Norte” no Sul. O mundo já não é bipolar, com duas grandes potências que criaram a outra grande divisão: Leste-Oeste. Nos ...

O desafio do salário mínimo

Uma das questões centrais a ser enfrentada pelo próximo presidente da República, e que representa um tema extremamente delicado para o debate eleitoral de 2014, é a política de reajuste do salário mínimo (SM). Pela legislação em vigor, até o final do primeiro ano do próximo mandato presidencial, o Poder Executivo deve encaminhar ao Congresso Nacional um projeto de lei com as regras do ajuste do SM...

A verdade sobre os impostos

Daqui a mais ou menos seis meses, encerrada a Copa do Mundo, o Brasil mergulhará em uma nova campanha presidencial. Ainda não se sabe qual tema "novo" dominará os debates. Em 2010, o aborto consumiu um tempo precioso dos candidatos e, pior, esgotou a paciência do eleitorado, em desfavor de assuntos mais pertinentes. A "velha" agenda é, porém, fartamente conhecida. Tanto a candidata à reeleição, Di...

Lena Lavinas: Bolsa Família é positivo, mas insuficiente

O Bolsa Família, assim como os demais programas de transferência de renda adotados em toda a América Latina e em boa parte da África, não acaba com a pobreza. Como um analgésico, ele alivia os sintomas. Não corrige as desigualdades, nem investe na cidadania e na construção de uma sociedade mais igualitária. Inclui no mercado uma grande quantidade de pessoas, antes alijadas da sociedade de consu...

Política fiscal, arma contra desigualdade

Muito espaço tem sido dedicado pelos órgãos de imprensa, ao longo dos últimos tempos, ao debate a respeito da política fiscal do governo. Nos tempos da hegemonia esmagadora absoluta do pensamento neoliberal, falar em Estado era sinônimo de heresia e desastre. Assim, quando se mencionava a política fiscal, tudo se resumia à recomendação de que houvesse a transferência dos ativos públicos para o set...

Brasil é dos países do G20 que menos taxa ricos

Levantamento da PricewaterhouseCoopers (PwC) feito com exclusividade para a BBC Brasil revela que o imposto de renda cobrado da classe média alta e dos ricos no Brasil é menor que o praticado na grande maioria dos países do G20 – grupo que reúne as 19 nações de maior economia do mundo mais a União Europeia. A consultoria comparou três faixas de renda anual: 70 mil libras, 150 mil libras e 250 m...

Espanha: nem todas as classes sociais perdem com a crise

Reino da Espanha: 5.896.300 estão desempregados, segundo o Questionário sobre a População Ativa (EPA, em sua sigla inglesa) do último trimestre de 2013. Ou seja, a taxa de desemprego é de 26%. Uma taxa que mais que duplica entre os jovens abaixo de 25 anos: 55,6%. Quase três milhões de pessoas estão oficialmente desempregadas há mais de um ano, enquanto que em 1,8 milhão de lares todos os membros ...

ODS: Nosso Futuro Comum

Estão sendo elaborados e debatidos os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). A Organização das Nações Unidas (ONU) espera aprovar os ODS em setembro deste ano, após longo e abrangente processo de negociação entre os países membro. Os ODS devem substituir os Objetivos do Milênio (ODM) a partir de 2015 e devem vigorar até 2030. Os Objetivos do Milênio serviram como uma bússola para orien...

Civilização industrial caminha para 'colapso irreversível'?

Um novo estudo patrocinado pelo Nasa's Goddard Space Flight Center destacou a possibilidade de a civilização industrial global entrar em colapso nas próximas décadas, dada a insustentabilidade da exploração de recursos planetários e a crescente desigualdade na distribuição das riquezas. Observando que avisos de "colapso" são frequentemente considerados marginais ou controversos, o estudo tenta ...

É preciso reduzir desigualdade, diz FMI

O Fundo Monetário Internacional (FMI) incursiona plenamente no debate mundial sobre a crescente desigualdade de renda, oferecendo uma série de polêmicas conclusões que contradizem a ortodoxia econômica que defendeu durante décadas. O FMI, principal instituição financeira multilateral, sustenta que a desigualdade de renda “tende a reduzir o ritmo e a durabilidade” do crescimento econômico. Em um...

Manifestações lembram Luther King e pedem taxação de Wall Street

Do Maine à Califórnia, enfermeiras, estudantes, movimentos de HIV/AIDS e ativistas comunitários foram às ruas para exigir que o Congresso dê uma resposta à luta por justiça econômica de Martin Luther King Jr., aprovando projetos de lei que criam um tributo sobre a especulação financeira e assim obtêm recursos para reverter a desigualdade. A homenagem ao legado de Martin Luther King Jr., neste 4...

TTF para financiar Agenda pós 2015 é proposta pelo Brasil

A manhã de nove de abril foi um marco importante para a campanha TTF Brasil. Convidada pelo Presidente da 68ª Assembleia Geral da ONU, Alessandra Nilo, diretora executiva da Gestos – HIV, Comunicação e Gênero, do Recife, e co-coordenadora da Campanha TTF Brasil, fez um pronunciamento na sessão “O Papel das Parcerias na Implementação da Agenda do Desenvolvimento Pós 2015”, organizadas pela Assemble...

“Capital financeiro controla mercado mundial de alimentos“

"A reforma agrária fixa o homem no campo e desfaveliza o país." É a ideia central, hoje, do discurso que, com perseverança, põe em prática há 35 anos o fundador e uma das lideranças mais expressivas do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), o economista gaúcho João Pedro Stédile, de 61 anos. Carismático, um dos pensadores de raiz marxista e dos ativistas de esquerda mais importantes d...

O capital está vencendo. Será possível barrá-lo?

A lenta, mas firme desagregação da esquerda europeia, depois da quebra da URSS, está ancorada em fatores “objetivos”, tais como as mudanças no padrão de acumulação capitalista -“pós-industrial”, como já analisavam alguns economistas há trinta anos - que atravessaram a sociedade de alto a baixo. Estas mudanças alteraram as expectativas políticas, o modo de vida, as demandas do mundo do traba...

Executivos ganham 331 vezes mais que trabalhador

Pesquisa divulgada semana passada (14.04) pela maior federação sindical dos Estados Unidos conclui que os diretores executivos das principais corporações do país ganharam 331 vezes mais dinheiro do que um trabalhador médio em 2013.* Segundo a base de dados de 2014 da Federação Americana do Trabalho e Congresso de Organizações Industriais (AFL-CIO, na sua sigla em inglês), os executivos de 350 ...

“O Capital no Século XXI” revoluciona ideias sobre desigualdade

Thomas Piketty, professor na Escola de Economia de Paris, não é muito conhecido, ainda que isso possa mudar com a publicação em inglês de sua abrangente e magnífica meditação sobre a desigualdade, "Capital in the Twenty-First Century". Mas sua influência é profunda. Tornou-se comum afirmar que estamos vivendo uma segunda "Gilded Age" [Era Dourada, período de grande expansão econômica nos EUA en...

As revelações de “O Capital no Século XXI”

O seu livro – intitulado Capital in the Twenty-First Century ["O Capital no século XXI", ainda sem edição em português] – disparou na lista dos mais vendidos no site Amazon. Tê-lo consigo, em alguns ambientes de Manhattan, tornou-se a mais nova ferramenta para se conectar socialmente com jovens progressistas. Ao mesmo tempo, seu autor vem sendo “condenado” como neomarxista por comentaristas de dir...

15 mais ricos têm patrimônio maior que renda de 14 milhões do Bolsa Família

O patrimônio das 15 famílias mais ricas do Brasil, segundo lista divulgada pela revista Forbes, é dez vezes maior que a renda de 14 milhões de grupos familiares atendidos pelo programa Bolsa Família. De acordo com a publicação americana, os 15 clãs mais abastados do Brasil concentram uma fortuna de 270 bilhões de reais, cerca de 5% do PIB do País. O Bolsa Família, por sua vez, atendeu 14 milhões d...

Conheça os cinco políticos mais ricos do Brasil

A revista Forbes elaborou uma lista com os cinco políticos mais ricos do Brasil, usando dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Somados, os parlamentares detêm patrimônio de US$ 3,2 bilhões. A revista cita a corrupção no país com um grande problema e ressalta que, na lista, estão empresários que construíram sua fortuna antes de entrar na política. Porém, ao apresentar Paulo Maluf, na quint...

Conservadores norte-americanos estão surtando na guilhotina

Na capa da edição de junho da revista conservadora American Spectator, uma imagem emerge do inconsciente coletivo dos ricos. Cidadãos raivosos assistem a um homem bem nutrido, de monóculos, sendo levado a uma guilhotina suja de sangue – trazendo à memória o Regime de Terror da Revolução Francesa, quando dezenas de milhares foram executados, muitos pela chamada “Lâmina Nacional”. A legenda: “Nova G...

Ciclo debate Democracia Econômica

Tem início nesta sexta-feira (30.05), das 10h às 12h30, um ciclo de debates quinzenais sobre Democracia Econômica, com foco na Taxação sobre Transações Financeiras (TTF). O programa é uma parceria entre a Campanha TTF Brasil e a Fundação Perseu Abramo (FPA), com apoio do Outras Palavras. A Campanha TTF Brasil reúne organizações da sociedade civil e redes de cidadania e cooperação entre povos do p...

Aumenta número de bilionários brasileiros

O tema da concentração de renda e da riqueza está cada vez mais frequente nos debates fomentados pelos meios de comunicação em todo o mundo. Não é por acaso que o livro publicado pelo francês Thomas Piketty - “O capital no século XXI” - desponta nas listas dos mais vendidos, inclusive na pátria que mais se orgulha de sua forma capitalista de organização. Os norte-americanos parecem cada vez mais i...

Žižek: A utopia de Piketty

“Le Capital au XXIe siècle” é um livro essencialmente utópico. Por que? Por conta de sua modéstia. Thomas Piketty percebe a tendência inerente do capitalismo à desigualdade social, de tal forma que a ameaça à democracia parte do interior da própria dinâmica capitalista. Até aí tudo bem, estamos de acordo. Ele vê o único ponto luminoso da história do capitalismo entre as décadas de 30 e de 60, quan...

Austeridade lança 800 mil crianças na pobreza na UE

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) divulgou, nesta terça-feira (03.06), o “Relatório sobre a proteção social no mundo, 2014-2015”. Segundo a agência Lusa, o relatório, no capítulo com o título “Erosão do modelo social europeu” assinala: "Em 2012, 123 milhões de pessoas nos 27 Estados membros da União Europeia, ou 24% da população, estavam em risc de pobreza ou exclusão social (...) e...

Vanguarda capitalista falando sobre desigualdade?

No início deste ano, a maneira mais confiável para um bilionário aparecer nas manchetes era comparar a sugestão de aumento de impostos com a Alemanha nazista. Ultimamente, porém, a mudança mais interessante na política da plutocracia tem sido mais gentil. Haverá mais analogias a Hitler, é claro, mas um outro grupo entre o super-ricos está começando a ir no sentido oposto. Alguns plutocratas aceita...

Bolívia sedia cúpula do G77 mais China

Neste fim de semana (14-15.06), Santa Cruz de la Sierra será sede de uma reunião dos chamados 77 que, somados à China, já são 133 países. Mais de dois terços da ONU. A Bolívia preside o G-77. O representante de Evo Morales na ONU explicou em uma reportagem porque a agenda futura não é a esmola. Também prognosticou que Evo será reeleito em outubro. Quando Evo Morales venceu as eleições de 200...

Na Bolívia, G77 afirma protagonismo no planeta

O Grupo dos 77 (G77) + China, um dos maiores blocos de países dentro da ONU, reivindicou neste domingo (15.06) na Bolívia seu protagonismo internacional em uma cúpula que colocou em destaque grandes acordos, mas que também serviu de plataforma para defender causas particulares de algumas nações. A erradicação da pobreza, a luta contra a desigualdade, as críticas a uma economia orientada ao lucr...

"Não queremos ser colônia alemã", afirma fundador do Podemos

O Parlamento Europeu representa para o Podemos, segundo Pablo Iglesias, "uma magnífica ocasião para construir alianças com outros europeus, em particular do Sul, para imaginar que outras formas de governo são possíveis na Europa". Questionado sobre qual será a prioridade do Podemos durante o seu mandato, o professor de ciências políticas respondeu que o movimento pretende “redimensionar determi...

Pochmann: há consenso teórico acerca da tributação de grandes fortunas

Autor do livro recém-lançado O mito da grande classe média: capitalismo e estrutura social (São Paulo: Boitempo, 2014), Márcio Pochmann comenta, na entrevista a seguir, concedida por telefone, o mito em torno da classe média e a tendência a uma polarização entre ricos e uma “classe trabalhadora mais alargada submetida a empregos precários, com baixos salários, maior informalidade, mai...

Distribuição de renda e vaias a Dilma

Uma controvérsia voltou à tona nas últimas semanas. Afinal, o ciclo lulista distribuiu ou concentrou renda? De acordo com reportagem publicada nesta quinta (26) pelo "Valor", a fatia apropriada no Brasil pelo 1% mais rico da população não caiu entre 2000 e 2010. Tal faixa abocanhava cerca de 17% da renda nacional no início do século 21, e continuava a fazê-lo uma década depois. Estaria provado, en...

Sobre helicópteros e desigualdade

A distância entre ricos e pobres marca São Paulo em todas as dimensões do espaço. Na dimensão horizontal, o caminhante tropeça com as fronteiras mais conhecidas das cidades brasileiras: as que separam favelas e luxuosos bairros de condomínios. Todavia, qualquer que seja o ponto onde o caminhante se encontre, é a dimensão vertical a que demonstra, sem interrupções, a divisão social da cidade:...

IJF inicia campanha por Reforma Tributária

O Instituto Justiça Fiscal (IJF) está lançando uma Campanha pela Reforma do Sistema Tributário brasileiro, com o objetivo principal de reduzir as desigualdades de renda. A Campanha vai estimular o debate sobre o sistema fiscal e articular propostas que possam construir um Estado mais justo, com condições de prover vida digna a todos. A proposta será apresentada a todos os candidatos à presidência ...

Elite brasileira é quem paga menos impostos

O Ciclo de Debates sobre Democracia Econômica, promovido pela Fundação Perseu Abramo (FPA) em parceria com a campanha Taxas sobre Transações Financeiras (TTF-Brasil) teve nova sessão no dia 29 de agosto e debateu "O país dos impostos injustos: a urgência da Reforma Tributária". A terceira sessão foi coordenada pelo jornalista Antonio Martins. O economista Evilásio Salvador, mestre e doutorando ...

Secretário-geral da ONU nomeia brasileira em grupo de peritos para agenda pós-2015

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, nomeou um grupo consultivo de peritos sobre “data revolution” (revolução de dados) para o desenvolvimento sustentável com o objetivo de subsidiar contribuições para construir “uma visão ambiciosa e alcançável” para o futuro da agenda de desenvolvimento pós-2015, que sucederá os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio da ONU (ODM). A brasileira Carmen Barr...

Piketty, o Papa e o retorno de Karl Marx

A crítica às desigualdades sociais, como exposta no livro O Capital no século XXI, do francês Thomas Piketty, não é assim tão diferente da visão do Papa Francisco sobre o capitalismo em sua exortação apostólica Evangelii Gaudium (do latim, “A alegria do Evangelho”), publicada em 2013. O jornal inglês Financial Times tenta provar que a teoria do economista ...

ONU: Indústria cinematográfica global perpetua discriminação contra a mulher

O primeiro estudo global sobre personagens femininos em filmes populares, lançado nesta segunda-feira (22.09) durante a Sessão Especial da Assembleia das Nações Unidas sobre o estado da implementação do Programa de Ação da Conferência Internacional sobre População e Desenvolvimento (CIPD), revela a profunda discriminação de mulheres e meninas na indústria cinematográfica internacional. O docume...

Cresce número de mulheres no Congresso Nacional, mas nenhuma governadora é eleita

Na primeira eleição em que as cotas de 30% para cargos proporcionais (lei 9.504/1997) foram cumpridas, tanto para deputada federal quanto para estadual, as mulheres ampliaram ligeiramente sua participação no Congresso Nacional. Agora, elas somam 51 deputadas federais, enquanto em 2010 eram 45, num total de 513 cargos. Ou seja, aumentaram de 8,9% para 10%. No Piauí, em Tocantins, Roraima, Ron...

“Progresso para todos, ou para ninguém”

A ex-primeira ministra da Noruega, Gro Harlem Brundtland, foi uma das conferencistas noFronteiras do Pensamento de 2014, em Porto Alegre, no último dia 29. Gro falou sobre desenvolvimento sustentável e o maior desafio atual da humanidade: as mudanças climáticas. Gro Harlem Brundtland, médica especializada em saúde pública, foi ministra do meio ambiente da Noruega e em 1981 tornou-se a primeira ...

Sem reforma tributária, concentração de renda vai continuar no Brasil

Reclamada de pontos de vista diferentes por representantes do capital e do trabalho no Brasil, a reforma tributária ganha ares de urgência em vésperas de eleição. Porém, apesar de a necessidade de realizar mudanças profundas no sistema ser praticamente consensual entre membros dos setores produtivos, o debate é repleto de distorções e meias verdades – quando não inverdades. Dizer que a carga tribu...

1% mais rico detém metade da riqueza mundial, diz Relatório Global de Riqueza 2014

De acordo com o Relatório Global de Riqueza de 2014 [The Credit Suisse Global Wealth Report 2014] do banco Credit Suisse, publicado dia 14 de outubro, uma pessoa precisa de apenas 3.650 dólares para estar entre os mais ricos do mundo. No entanto, exige-se mais de 77.000 dólares para s...

O governo brasileiro e a ortodoxia econômica

Uma das primeira medidas do repaginado segundo mandato da Presidente Dilma Rousseff foi buscar recursos através do aumento de tributos sobre o consumo à prazo, um das bases de sustentação do crescimento da economia durante o turbulento período da crise financeira internacional de 2007 a 2012. O aumento do IOF em 0,5% para toda a população que se utiliza de financiamento através do uso de cartões d...

Democracia Econômica e a Política Multilateral

No ambiente climatizado das Nações Unidas, diversos personagens negociam sobre as diretrizes fundamentais para uma possível organização institucional voltada para erradicar a pobreza e reduzir as desigualdades geradas pelo sistema de apropriação, expropriação e destruição que sustentam as relações econômicas contemporâneas no mundo. A chamada Agenda Pós-2015, que consiste de duas grandes negociaçõ...

Por um mundo menos desigual

Imagine um mundo sem fome, com educação básica de qualidade para todos e igualdade entre os sexos. Para voluntários do mundo inteiro, esse cenário pode e deve ser real. Atualmente, a ONU ferve com as discussões sobre esses e outros cinco temas listados, há 15 anos, entre os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. O prazo para o alcance dessas oito metas para um mundo melhor será encerrado no próx...

Alguém se habilita?

“Vamos ao trabalho, mas só se for para fazer direito, bem feito, se não é melhor nem me chamar.” Titãs. O governo federal no Brasil precisa colocar o dinheiro onde está o seu discurso publicitário. E para realmente fazê-lo como política pública desenhada e executada a contento para retirar o País de uma evidente letargia econômica, alternada com pequenos picos de euforia esporádica, deve execut...

Com animação fica mais fácil de entender

O Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc), ONG de Brasília, parceiro da campanha TTF Brasil, lançou esta semana uma nova série de vídeos de animação para esclarecer questões importantes para a sociedade. Os dois primeiros tratam sobre justiça fiscal e orçamento público – detalhando como acontece a cobrança de impostos no Brasil e porque é necessário lutar por mais equilíbrio fiscal para comba...

Combater a sonegação também é fazer justiça fiscal

Muito se fala da elevada carga tributária brasileira. A estimativa, segundo a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), é de que este ano o peso dos tributos no PIB brasileiro seja de aproximadamente 33,4% - o maior da América Latina, concentrado principalmente no consumo e na renda. Entretanto, pouco se debate sobre sonegação. Quanto de fato representa o montante não recol...

É tudo verdade!

O dia 1º de abril é conhecido como Dia da Mentira. No entanto, nesta sexta-feira, em vez de contar uma lorota, a gente vai listar algumas informações verdadeiras, mas difíceis de acreditar. * A sonegação corresponde a pelo menos 8% do PIB brasileiro e em 2015 totalizou nada menos que R$ 550 bilhões * A carga tributária brasileira corresponde a 33,4% do PIB, com impostos incidentes principalm...

Artigo - IOF: o que é e o que pode ser?

O IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) nasceu como tributo regulatório na reforma tributária de 1966, durante a ditadura. O imposto foi consagrado no Código Tributário Nacional (CTN) – Lei nº 5.172/1966, e na Constituição de 1967 da Ditadura Militar. O imposto nasceu com função regulatória, auxiliando o governo no alcance dos seus objetivos, sendo instrumento importante para as políticas mone...

TIRADENTES, PIONEIRO NA LUTA CONTRA OS IMPOSTOS

* Matéria publicada originalmente no Diario de Pernambuco, em 21 de abril de 2010 * Em 2016, até o dia 20 de abril, os brasileiros pagaram cerca de R$ 626 bilhões em impostos. Neste mesmo período foram sonegados R$ 157 bilhões em tributos. Uma reforma tributária que contribua para uma maior justiça fiscal é essencial para combater a desigualdad...

Os Panama Papers e a necessidade de monitorar o fluxo de capitais

A revelação de que empresas, milionários, assim como celebridades do mundo artístico e do esporte, políticos e criminosos teriam sido ajudados pelo HSBC a criar empresas no Panamá e em outros paraísos fiscais com o objetivo de sonegar impostos em seus países, divulgada pelo escândalo conhecido como Panama Papers, soma-se a outros escândalos de mesma natureza, também com envolvimento de instituiçõe...

Educação Política e Econômica, eis a nossa proposta!

"A Liberdade armada com o cetro da Razão derrota a Ignorância e o Fanatismo." Gravura de Simon Louis Boizot (1793). ...... Esta é minha primeira contribuição para o TTF Brasil, um espaço cujo objetivo primordial é trazer uma base conceitual que nos permita digerir, discutir, criticar, analisar e agir em relação às notícias sobre economia, bem c...

A crise do capitalismo financeiro vai ao cinema

Juliana Cavalcanti* O atual processo de crise econômica pelo qual atravessam os mercados globais desde 2008, já pode ser considerado um dos mais graves da história. Os mercados, cada vez mais interligados pelas TIC – tecnologias de informação e comunicação –, sofrem em cascata com repercussões que antes seriam localizadas. Iniciada nos Estados Unidos, ancorada no mercado imobil...

Gestos encaminha pedido de audiência pública para debater TTF no Congresso Nacional

A assessora de Projetos Especiais da Gestos, Juliana Cesar, protocolou esta semana, junto ao gabinete do senador Paulo Paim (PT-RS), o pedido de audiência pública para debater o projeto de lei para taxação de transações financeiras. A proposta prevê a alteração do Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF), transformando-o numa Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico). A iniciativa p...

Gestos promove tuitaço por democracia econômica e em defesa do SUS

No próximo dia 25 de agosto, a Gestos promoverá um tuitaço para fomentar o debate em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS) e pela necessidade de lutar por mais democracia econômica e justiça social. A Gestos convida, assim, todos que lutam por um planeta mais justo e por mais saúde, educação e qualidade de vida para todos e todas a se juntarem nesta campanha. A intenção é que através do tuitaç...

Biblioteca

Globalizar a solidariedade em defesa da taxação dos fluxos financeiros

Tradução para o português de Globalizing solidarity: The Case for Financial Levies, relatório do Comitê Internacional de Peritos para a Força-Tarefa sobre Transações Financeiras Internacionais para o Desenvolvimento, do Grupo Piloto sobre Mecanismos Inovadores para Financiar o Desenvolvimento – IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), Brasília, 2010. A partir do engajamento do governo b...

Globalização para todos: taxação solidária sobre os fluxos financeiros

O livro tem o propósito de apresentar o debate internacional e nacional sobre a taxação de fluxos de capitais. A proposta de estabelecer um imposto internacional sobre os fluxos financeiros, tema central desta publicação, foi lançada originalmente pelo economista James Tobin, no início da década de 1970, como forma de reduzir a especulação nos mercados de moeda e, com isso, simultaneamente diminui...

A crise sem mistérios

“O estranho de uma crise financeira é que somos todos golpeados, mas não entendemos os mecanismos. Alavancagem, derivativos, hedge funds e outros termos misteriosos apenas encobrem a boa e velha esperteza”, observa o economista Ladislau Dowbor, integrante do NEF (Núcleo de Estudos do Futuro da PUC-SP) e consultor da ONU, na apresentação deste artigo de 2009. É simples assim, ensina ele: “Manda...

A Hora da Igualdade

O documento “A Hora da Igualdade: brechas por fechar, caminhos por abrir”, da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), é de grande atualidade, embora escrito em 2010. O documento ressalta a necessidade de recriar a democracia e a importância da política, com forte papel do Estado. Instituída pela ONU em 1948, a CEPAL – berço da obra de Celso Furtado – tem a vocação de apont...

A campanha pelas TTF demanda uma taxa sobre as transações financeiras internacionais – mercados de câmbio, ações e derivativos. Com alíquotas menores que 1%, elas incidirão sobre um volume astronômico de recursos pois esses mercados giram trilhões de dólares por dia.

http://www.outraspalavras.net