TTF Brasil - Notícias

Notícias de parceiros

  • Instituto Justiça Fiscal

    A Injustiça Fiscal da Política de Austeridade

    Austeridade é política de corte para satisfazer o mercado financeiro. Entrevista com economista Marcelo Milan. [Leia Mais]

  • Outras Palavras

    Dowbor: como as corporações cercam a democracia

    Como os chacais desafiam o funcionamento das instituições políticas e jurídica em busca de ganhos fartos. [Leia Mais]

  • Instituto Justiça Fiscal

    Despesas da Copa do Mundo

    Ministério Público do Rio Grande do Sul requer que Fifa e Internacional devolvam dinheiro gasto com estruturas temporárias da Cop [Leia Mais]

  • Outras Palavras

    Democracia e Capitalismo, divórcio definitivo

    Num livro que diz muito ao Brasil, Wolfgang Streeck expõe mecanismos que permitiram à aristocracia financeira controlar Estado e m&iacut [Leia Mais]

Arquivos de Notícia

Últimas notícias

  • 19.08.2016 - Gestos promove tuitaço por democracia econômica e em defesa do SUS [Leia Mais]

  • 04.08.2016 - Devo não nego, pago quando puder [Leia Mais]

  • 15.07.2016 - Gestos encaminha pedido de audiência pública para debater TTF no Congresso Nacional [Leia Mais]

  • 05.07.2016 - Projeto Robin Hood quer reduzir desigualdades [Leia Mais]

  • 04.07.2016 - A crise do capitalismo financeiro vai ao cinema [Leia Mais]

  • 22.06.2016 - Mastigando o Economês: Meta Fiscal e Dívida Pública [Leia Mais]

  • 06.06.2016 - Educação Política e Econômica, eis a nossa proposta! [Leia Mais]

  • 16.05.2016 - A Consistência dos Inconsistentes [Leia Mais]

  • 13.05.2016 - Os Panama Papers e a necessidade de monitorar o fluxo de capitais [Leia Mais]

  • 11.05.2016 - Os efeitos positivos dos tributos sobre transações financeiras (TTF) no Brasil [Leia Mais]

  • 03.05.2016 - IOF para compra de moeda estrangeira sobe de 0,38% para 1,10% [Leia Mais]

  • 02.05.2016 - Novo Marco Regulatório das ONGs assinado pela Presidenta Dilma é debatido no Recife [Leia Mais]

  • 20.04.2016 - TIRADENTES, PIONEIRO NA LUTA CONTRA OS IMPOSTOS [Leia Mais]

  • 14.04.2016 - Artigo - IOF: o que é e o que pode ser? [Leia Mais]

  • 29.03.2016 - Combater a sonegação também é fazer justiça fiscal [Leia Mais]

  • 28.03.2016 - Democracia e Direitos para uma Política Madura [Leia Mais]

  • 11.03.2016 - JUSTIÇA FISCAL E O LUCRO DOS BANCOS [Leia Mais]

  • 01.03.2016 - Com animação fica mais fácil de entender [Leia Mais]

  • 24.07.2015 - Terceira Conferência do Financiamento para o Desenvolvimento Desaponta e perde Ambição [Leia Mais]

Londres vai às ruas contra austeridade

Milhares marcharam com recado ao governo: não foram os mais pobres que causaram a crise, não são eles que devem ser punidos. Por Andrea Germanos, do Common Dreams | Tradução de Roberto Brilhante, na Carta Maior

Dezenas de milhares de pessoas se reuniram em Londres no último sábado (21.06) sob a bandeira da Assembleia Popular Contra a Austeridade, demandando uma alternativa às políticas que eles declaram terem beneficiado os ricos, arriscando empobrecer milhões e ignorando a verdadeira raiz da crise econômica.
 
A Assembleia foi formada em 2013 para mobilizar a população e oferecer uma plataforma de visões anti-austeridade que seus membros declaram estar de fora do Parlamento. O ativista anti-guerra Tony Benn disse em entrevista ao Democracy Now!, “você deve avaliar um país segundo a contemplação de suas necessidades, e não apenas se as pessoas estão lucrando.”  
 
A marcha de sábado começou em frente à sede da BBC, se manifestando contra o que os organizadores veem como “a falta de cobertura das ações anti-austeridade, tanto regional quanto nacionalmente.” A marcha então continuou até a Praça do Parlamento.

À frente da marcha, Lindsey German, do Parem a Coalizão de Guerra, descreveu porque ela apoia a Assembleia Popular, “um mundo melhor é possível”:

“(...) um governo perverso que piorou a vida das pessoas, é contrário àqueles que possuem benefícios, está privatizando o NHS (Sistema Nacional de Saúde) e tem gastado com armamento e guerras, não pode clamar que está representando a maioria.

“Nós devemos tomar as ruas para nos opormos a isso e exigir que todos neste país extremamente rico tenham o direito a um salário decente, à moradia, à educação gratuita e à saúde. Um mundo melhor é possível.”

Entre aqueles que discursavam no evento estava o comediante Russel Brand, que disse à multidão, “o poder não está lá (na Casa dos Comuns), ele está aqui, conosco. A revolução de que necessitamos não é feita de ideias radicais, mas de ideias que nós já temos - será uma revolução pacífica e cheia de alegria.”

A deputada Caroline Lucas, do Partido Verde, também falou com os manifestantes, “nós estamos aqui mandando uma mensagem importante ao governo, a de que não foram os pobres que causaram a crise econômica. Não foram as pessoas com seguro-desemprego que derrubaram os bancos. Não são as pessoas com deficiência que estão gastando bilhões especulando em mercados de risco. Não são os imigrantes que estão roubando bilhões em bônus. Então é por isso que aqui estamos, para dizer que parem de punir os mais pobres, parem com essa austeridade contraproducente.”

O deputado Jeremy Corbyn declarou durante a manifestação que “tem havido uma campanha na mídia que basicamente passa a seguinte ideia: se você é pobre, então a culpa é sua. Se você está requisitando benefícios, você não deveria. Se você está usando o NHS excessivamente, então pare… a culpa é toda sua que estejamos passando por uma crise econômica no presente.”

“Há um jogo de culpabilidade ocorrendo que está desenhado para tirar toda a atenção dos sonegadores, dos que especulam sobre as propriedades, dos grandes banqueiros, todos eles que são a causa real do problema, a causa real da crise de moradia.”

*Imagens: Cadi Cliff / Flickr



Comentar notícia s  s  Europa  Crise  Solução  Sistema Financeiro  Austeridade  

A campanha pelas TTF demanda uma taxa sobre as transações financeiras internacionais – mercados de câmbio, ações e derivativos. Com alíquotas menores que 1%, elas incidirão sobre um volume astronômico de recursos pois esses mercados giram trilhões de dólares por dia.

http://www.outraspalavras.net