TTF Brasil - Pesquisa

Notícias de parceiros

  • Instituto Justiça Fiscal

    Para 79% da população, o Estado tem o dever de reduzir as desigualdades

    Pesquisa da Oxfam Brasil [Leia Mais]

  • Instituto Justiça Fiscal

    A Injustiça Fiscal da Política de Austeridade

    Austeridade é política de corte para satisfazer o mercado financeiro. Entrevista com economista Marcelo Milan. [Leia Mais]

  • Outras Palavras

    Dowbor: como as corporações cercam a democracia

    Como os chacais desafiam o funcionamento das instituições políticas e jurídica em busca de ganhos fartos. [Leia Mais]

  • Instituto Justiça Fiscal

    Despesas da Copa do Mundo

    Ministério Público do Rio Grande do Sul requer que Fifa e Internacional devolvam dinheiro gasto com estruturas temporárias da Cop [Leia Mais]

Notícia

Livro desvenda buraco negro dos paraísos fiscais

Christophe Ventura: Em seu livro "Treasure Islands: Uncovering the Damage of Offshore Banking and Tax Havens" [Ilhas do Tesouro: revelando os danos dos paraísos fiscais e das finanças offshore, ainda sem tradução], você indica quantias exorbitantes (ativos bancários, investimentos diretos de multinacionais no exterior, frutos da evasão fiscal etc) que transitam pelo sistema internacional ...

Offshore Leaks: as caixas pretas do poder global

Um facho de luz está iluminando o lado obscuro do poder global desde o início do mês, sem que os jornais brasileiros pareçam interessados em segui-lo. Após 15 meses de trabalho, uma equipe do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ, em inglês) começou a publicar reportagens muito constrangedoras sobre os centros financeiros offshore, também conhecidos pelo termo eufem...

Empresas norte-americanas pagam cada vez menos impostos

A evasão fiscal nos Estados Unidos começa a chamar a atenção. O meio usado para a sonegação é o sistema financeiro clandestino denunciado pelo jornalista investigativo Nicholas Shaxon, e composto pelos chamados paraísos fiscais. O jornal Nation of Change acaba de publicar um artigo sobre o assunto, em que afirma: As corporações simplesmente pararam de pagar impostos, talvez usando ...

Justiça fiscal para alcançar justiça social

Mais de duas dezenas de grupos formaram a Global Alliance for Tax Justice (Aliança global por justiça fiscal) e firmaram, juntos, um manifesto pela justiça fiscal internacional, no FSM da Tunísia. No documento, mencionam a sonegação de impostos das multinacionais e dos ultrarricos, por meio dos paraísos fiscais, e propõem medidas para acabar com a completa falta de limites ao capital finan...

Finanças clandestinas: uma conta em 13 minutos

Os sinais de que as finanças globais tornaram-se um território fora-da-lei, já claros desde o escândalo Offshore Leaks (leia nosso texto a respeito), cresceram esta semana, com a publicação de uma reveladora reportagem na revista francesa Alternatives Economiques. O jornalista Manuel Domergue revela que não precisou de mais que 13 minutos para abrir uma conta no centro offshore (par...

PARA CONTER A LAVANDERIA

Acaba de ser aprovado na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara o projeto de lei (PL) 5696, do deputado federal Paulo Rubem Santiago (PDT-PE), destinado a conter a lavagem de dinheiro via sistema financeiro clandestino ou paraísos fiscais. O PL prevê que a Fazenda estabeleça, entre suas regras, a obrigatoriedade de empresas domiciliadas no exterior informarem o seu Quadro de Sócios...

Lavagem de dinheiro nas artes plásticas

No livro Money Laundering through Art: A Criminal Justice Perspective (Lavagem de Dinheiro por meio da Arte: uma Perspectiva da Justiça Criminal), editado pela editora Springer, o desembargador federal brasileiro Fausto De Sanctis traz à tona um negócio cada vez mais praticado tanto por criminosos como por muito ricos: a compra de obras de arte para branqueamento de capitais. De Sanctis foi jui...

G8: hora de agir contra lavagem de dinheiro

Juízes, fiscais e especialistas anticorrupção de 15 países enviaram carta aos líderes do G8 (Estados Unidos, Alemanha, Canadá, França, Itália, Japão, Reino Unido e Rússia) em que urgem os governantes das oito potências globais que se reunirão semana que vem (17 e 18.06) na Irlanda do Norte a tomar medidas contra a corrupção, a evasão fiscal e o branqueamento de capitais. Para el...

G8 e paraísos fiscais: bons princípios, pouca ação

Os comunicados publicados dia 18 de junho sobre o encontro do G8 em Lough Erne, na Irlanda do Norte, colocam princípios importantes de luta contra os paraísos fiscais, mas salta à vista a impossibilidade de os países chegarem a um acordo sobre os modos concretos de ação. Os princípios estabelecidos pela declaração final da cúpula confirmam, e é o mínimo que se poderia esperar, os co...

TV Globo, sonegação e negócios obscuros

Não apenas multinacionais norte-americanas e europeias sonegam impostos de seus países por meio de operações fictícias realizadas na economia clandestina. Também a Globo, nossa vênus platinada, usou o paraíso fiscal das Ilhas Virgens para disfarçar a compra dos direitos exclusivos de transmissão da Copa do Mundo de 2002 sob a rubrica contábil de investimentos e participação societ...

Sonegação de impostos mina democracia

As contas, alíquotas e percentagens podem ser complicadas. Mas o raciocínio é muito simples. O rio vem correndo seu curso. Chega a uma bifurcação. Se uma bomba puxa água para a vertente da direita, o lado esquerdo vai secando Por isso a organização Tax Justice Network (TJN, Rede de Justiça nos Impostos), um coletivo de economistas, advogados, contadores, escritores e outros tantos, b...

Lá como cá, sonegação e injustiça fiscal

Empresas e muito ricos brasileiros mantêm em paraísos fiscais, livres de impostos, a quarta maior quantia do mundo depositada nesse tipo de conta bancária. Era de 520 bilhões de dólares, mais de um trilhão de reais, em 2010, a "riqueza offshore não registrada" para fins de tributação como demonstrou o estudo The Price of Offshore Revisited, encomendado pela Tax Justice Network a James H...

Evasão fiscal nos EUA atinge níveis alarmantes

Jovem: procure um paraíso fiscal para evitar o pagamento de impostos. Fique inteiramente à vontade em terras estrangeiras, e se você entrar em apuros, o Tio Sam irá correndo para ajudá-lo diplomaticamente, economicamente e militarmente, mesmo que você tenha conseguido evitar o pagamento por esses serviços governamentais. Basta fingir que você é uma corporação multinacional. Essa é a...

Globo tem bens bloqueados

A Globopar, empresa ligada à TV Globo, está com parte de suas contas bancárias e bens bloqueados, devido a um dívida ativa de R$ 178 milhões com o Tesouro Nacional. De acordo com documentos conseguidos pelo Hoje em Dia na Justiça Federal do Rio de Janeiro, a dívida inscrita no cadastro de inadimplentes federais foi originada por várias sonegações de impostos federais. Por solicitaçã...

Países ricos tiram mais dos pobres do que dão

A crise do capitalismo e as revoltas populares que varrem o mundo vêm trazendo à consciência coletiva a desigualdade entre países e seres humanos. Há 200 anos, os países ricos eram apenas três vezes mais ricos que os países pobres. Já no fim do colonialismo, nos anos 1960, essa diferença havia se ampliado para 35 e hoje é de 80 vezes. Tal concentração de riqueza só faz aumentar, j...

O que está em jogo depois da cúpula do G20

Em 1712, Pedro, o Grande, o primeiro dos Romanov, estabeleceu sua capital em São Petersburgo. Queria abrir uma porta à Europa. Em 1917, caiu o último dos czares, Nicolás II Romanov e, em 1918, a capital passou a ser Moscou. Vladimir Putin, que governa em terra moscovita, acaba de ser o anfitrião do Grupo dos 20 em São Petersburgo. Desta vez a cidade foi uma porta por onde entraram os problem...

Para reduzir as iniquidades

Dilma e Marina, os dois principais nomes para 2014, estão falando da questão da desigualdade social o maior desafio do país e do mundo sem tocar no ponto central dela. O ponto: você não faz nada de realmente expressivo contra a iniquidade se não cobrar mais impostos dos mais ricos. Poucas semanas atrás, o Nobel da Economia Robert Schiller disse exatamente isso. Schiller disse teme...

Assim os ricos evitam impostos

A demanda por recursos públicos é cada vez maior. A briga pela apropriação do bolo é quase uma guerra. Nas recentes manifestações públicas brasileiras, surgiram novas e diversas demandas, desde o passe livre, saúde, educação, até melhorias do serviço público em geral. A resposta dos governantes é sempre a mesma: Não há recurso público. Mas será que realmente não existem r...

Refúgios fiscais: até quando?

As placas dos carros nas Ilhas Virgens Britânicas, paraíso fiscal nas águas do Caribe, exibem um slogan turístico: "Os pequenos segredos da natureza". Mas não são as 60 ilhas do arquipélago que mais chamam a atenção do mundo. São as quase 500 mil empresas formalmente ativas no território, com seus grandes sigilos financeiros, alguns deles ligados à corrupção, que realmente colocam a...

Mais de US$ 30 bilhões deixam Brasil ilegalmente todo ano

Mais de 30 bilhões de dólares ligados ao crime, à corrupção e à evasão de impostos saem do Brasil a cada ano. O valor é o dobro do que saia na década passada e dez vezes mais a quantia que saia nas décadas anteriores revelou estudo da Global Financial Integrity (GFI), organização sediada em Washington que pesquisa e faz advocacy pela transpar...

Conferência no Peru discute fluxos financeiros ilícitos

Cada ano, os Estados perdem bilhões de dólares com impostos que deixam de ingressar nos cofres públicos. São fortunas que saem do país de forma ilícita, provenientes de atividades como: sonegação de tributos, corrupção, drogas e outros crimes. Esses fluxos financeiros ilícitos corroem a base tributável dos países, dificultam e atrasam o desenvolvimento econômico, afetando a populaç...

Os Panama Papers e a necessidade de monitorar o fluxo de capitais

A revelação de que empresas, milionários, assim como celebridades do mundo artístico e do esporte, políticos e criminosos teriam sido ajudados pelo HSBC a criar empresas no Panamá e em outros paraísos fiscais com o objetivo de sonegar impostos em seus países, divulgada pelo escândalo conhecido como Panama Papers, soma-se a outros escândalos de mesma natureza, também com envolvimento de ...

Biblioteca

A crise sem mistérios

O estranho de uma crise financeira é que somos todos golpeados, mas não entendemos os mecanismos. Alavancagem, derivativos, hedge funds e outros termos misteriosos apenas encobrem a boa e velha esperteza, observa o economista Ladislau Dowbor, integrante do NEF (Núcleo de Estudos do Futuro da PUC-SP) e consultor da ONU, na apresentação deste artigo de 2009. É simples assim, ensina ele: ...

A campanha pelas TTF demanda uma taxa sobre as transações financeiras internacionais mercados de câmbio, ações e derivativos. Com alíquotas menores que 1%, elas incidirão sobre um volume astronômico de recursos pois esses mercados giram trilhões de dólares por dia.

http://www.outraspalavras.net